Politicas de privacidad SONDA
Marcela Morales: “As mulheres devem ousar enfrentar desafios que parecem complexos ou inatingíveis”

Mulheres que transformam

Marcela Morales: “As mulheres devem ousar enfrentar desafios que parecem complexos ou inatingíveis”

Diretora Comercial Corporativo da Divisão de Transporte da SONDA

Marcela Morales é Diretora Comercial Corporativa da Divisão de Transportes na SONDA. Formada em Engenharia da Computação, ela nos conta sua trajetória profissional e também como vê o futuro das mulheres no mercado de TI.

Marcela Morales é Diretora Comercial Corporativa da Divisão de Transportes na SONDA. Formada em Engenharia da Computação, ela nos conta sua trajetória profissional e também como vê o futuro das mulheres no mercado de TI.

Meu primeiro emprego foi na Red Medicina UC, onde passei 5 anos. Lá eu uni meu gosto pela ciência e pela engenharia, desenvolvendo projetos inovadores para a digitalização de benefícios e serviços médicos de uma instituição de excelência no setor de Saúde. Em 1993 comecei a trabalhar na Ordem  onde passei de cliente a prestadora de serviços de TI em projetos de transformação tecnológica, que foram emblemáticos para a saúde pública do país, como a digitalização dos serviços FONASA, e grandes hospitais, centros de saúde e clínicas. Essas soluções depois se estenderam ao setor privado e até a outros países.

Em 2007, já na SONDA após a aquisição da Orden, José Orlandini me pediu para apoiar temporariamente o início da operação do Transantiago. Os três meses se transformaram em mais de 13 anos. Aceitei a proposta sem hesitar porque me parecia um desafio interessante devido ao impacto, complexidade e abrangência do que significou transformar todo o transporte público de Santiago usando tecnologias digitais. Foi uma experiência difícil, mas gratificante no final, pois com toda a experiência adquirida nesses anos, com muito trabalho e aprendizado, conseguimos levar essas soluções para cidades de toda a região, melhorando a qualidade de vida das pessoas e agregando valor.

As jovens mulheres que estão entrando no mundo das TI na SONDA devem acreditar em suas habilidades e talento e ousar enfrentar desafios que à primeira vista parecem impossíveis ou fora de alcance. Os países onde a SONDA está presente precisam de soluções de TI inovadoras e criativas, e sei que as mulheres podem agregar novas perspectivas para enfrentar os desafios que o presente e o futuro trazem para as cidades e seus entornos produtivos, melhorando a conectividade, segurança e sustentabilidade.

Nada substitui esforço e disciplina, mas isso não basta hoje. Além do conhecimento proporcionado pela experiência, esforço e comprometimento em cada projeto, é necessário estar em constante aprendizado e estudo, principalmente para quem trabalha com TI, por se tratar de um setor dinâmico. Com essas ferramentas estaremos mais preparados para resolver de forma eficiente e sustentável os dilemas e necessidades de nossos clientes. Para dar o próximo passo que nos levará mais longe, é necessário pisar em terreno sólido.

Contáctanos