Sistema de Carteira de Identidade e Passaportes: Um dos grandes projetos de modernização dos serviços públicos.

Cliente: Gobierno de Chile (Servicio de Registro Civil e Identificación) Indústria: Governo Solução: Governo do Chile (Registo Civil e Identificação)

Resumo

Até alguns anos atrás, o chileno, que queria viajar para o exterior precisava de um visto para chegar a vários destinos, e a solicitação de carteira de identidade ou passaporte significava um processo complicado, enquanto perder qualquer um desses documentos poderia tornar-se um pesadelo.

No entanto, isso muda dramaticamente depois que a SONDA assumiu o Sistema de Identificação, Carteira de Identidade e Passaporte do Chile, gerando enormes benefícios para a comunidade e foi um projeto tecnológico sem precedentes para um serviço público.

O grande impacto causado por este projeto é visível em vários campos, tanto no governo como na polícia, nas investigações e nos sectores relacionados com a identificação de pessoas e de segurança pública.

Necessidade de negócio

À procura de uma profunda renovação

Até o ano 1998, o Serviço Nacional de Registro Civil e Identificação do Chile (SRCeI) cálculo imperativa procedimentos de renovação para capturar e gerenciar os dados de identificação de pessoas, e a emissão de novos documentos de identificação (carteiras de identidade) e viagem (passaporte), a fim de cumprir com as normas de segurança internacionais e evitar o aumento de crimes de falsificação decorrentes dos mesmos.

Foi bem como meados de 1999, se apelou a um concurso internacional e após um processo de avaliação minuciosa, o projeto de Terceirização Integral (Outsourcing Integral) o “Novo Sistema de Identificação Civil, Identidade e Passaporte” foi adjudicado a SONDA, que integrou a tecnologia de várias empresas – como De La Rue, especializada em produção de documentos de segurança e NEC, provedora de tecnologia biométrica – para garantir a mais alta qualidade em todos os processos sendo terceirizada e que, finalmente, terminou em um BPO (Business Process Outsourcing) de identificação.

Solução

A contribuição tecnológica

A SONDA fez o desenho global desta solução, que envolveu assumir todo o processo tecnológico por trás do novo sistema de identificação, ou seja, a produção de carteiras de identidade e passaportes, assim como a implementação de um novo banco de dados de identificação biométrica, o desenvolvimento de um sistema informático e a instalação de quinhentas estações de captura de dados. Tudo isso para realizar com sucesso todos os processos relacionados com a aplicação, fabricação e fornecimento de informações e documentação comprovando que a pessoa portadora da identificação é quem diz ser.

Uma das principais inovações do projeto foi a implementação de um sistema informático central de identificação, que contém um banco de dados de identificação biométrica que armazena imagens digitais de fotografia, assinatura e impressões digitais da pessoa. Este sistema centralizado verifica a identidade de um indivíduo – vivo ou falecido- em qualquer lugar do país, de forma imediata e automática. Inclusive possibilita confirmar a identidade de uma pessoa que não leva a sua identificação, assim como a retirada pelo requerente da carteira de identidade ou passaporte de uma oficina diferente da que chegou a adquiri-lo.

Para construir esta base de dados, foi necessário digitalizar mais de 28 milhões de índices e decadáctilas contendo informação dos cidadãos chilenos. Toda esta informação foi transformada através do processo de digitalização em massa, o que permitiu que a SRCeI tenha hoje uma base de dados significativo de pessoas vivas e mortas, sejam eles residentes chilenos ou estrangeiros vivendo no Chile.

Outra mudança importante correspondeu a novas estações de trabalho para capturar os dados onde os documentos são gerados. Antes eram tomados de forma totalmente manual, hoje é feito digitalmente. Assim, a assinatura, fotografia e impressões digitais de pessoas vão diretamente para o banco de dados de identificação.

Resultados

Resultados falam por si própios.

A implementação deste BPO permitiu que a produção de documentos aumentasse um 60% e um aumento na demanda por parte dos cidadãos, pois até outubro de 2004 foram emitidas 4,861,384 carteiras de identidade e 369,976 passaportes, sem quaisquer casos específicos, até à data, de adulteração real.

No entanto, os resultados não estão limitados ao âmbito dos dados. Além disso, o novo sistema gerou um grande impacto em várias áreas, incluindo o governo, as forças policiais, e especialmente nos sectores que estão diretamente relacionados com a identificação de pessoas e de segurança pública.

Beneficios

  • Banco de dados de identificação biométrica.
  • Novas estações de trabalho para captura de dados.
  • Alto impacto do projeto sobre a sociedade.