Administração de Investimentos e Patrimônio de Family Office

A criação das denominadas Family Office – organizações que se encarregam de administrar os investimentos e recursos de famílias de alto patrimônio – aumentou nos últimos anos, o que suporta uma profissionalização da administração dos valores em longo prazo.

Contato com um executivo

Existem duas categorias de escritórios familiares, single e multifamily Office. No caso das primeiras, essas são armadas pelo próprio grupo empresarial/familiar e estão compostas por integrantes da família e assessores financeiros, como escritório de estudos.

Às vezes, é a mesma matriz de investimentos da holding, ou outra sociedade criada para tal efeito. No segundo caso, as multifamily Office têm dois ou três executivos de investimento, com ampla experiência no mercado e uma estrutura de backoffice, que podem possuir entre cinco a dez pessoas. Tipicamente, assessora à família em matéria de investimentos, encarregando-se da parte operacional e da administração das relações com os bancos ou corretoras de Bolsa.

Com o objetivo de apoiar o Family Office na administração de suas pastas, na SONDA desenvolvemos uma solução de TI para esse nicho, sobre produtos consolidados que estão operando no mercado atualmente e que consiste em um serviço de Administração de Carteiras de Investimento, o qual permite, em modalidade de software como serviços (SaaS), acessar a toda a informação de valor que requerem os administradores para a administração da pasta, entregando, entre outros, um valor cota diário.

Principais Funcionalidades

  • Registro e valorização de instrumentos financeiros de renda fixa e variável, nacional e estrangeira.
  • Registro e valorização de contratos derivados: seguros de mudança e inflação.
  • Registro de gastos incorridos na administração de cada carteira.
  • Cálculo de comissões por pagar por administração de carteiras.
  • Valorização de carteiras utilizando preços/taxas de compra ou de mercado.
  • Administração das contribuições e retiros de capital.
  • Valorização diária de cada carteira administrada para obter um valor cota.
  • Administração de múltiplos recursos e múltiplas moedas de valorização e liquidação de operações.
  • Geração de informação para seu sistema contável.